Este website utiliza cookies para melhorar a navegação. Ao navegar no website estará a consentir a sua utilização. Para saber mais clique aqui.

Cortina Header
  Gestão Orçamental

Manter alguma liquidez

Saiba mais »

 | Manter alguma liquidez  | Manter alguma liquidez
Gadgets

Familyar: a plataforma para toda a família a pensar nos mais velhos

Publicado em 15-02-2018 por Cofina Conteúdos

Criada com o intuito de melhorar a qualidade de vida da geração sénior, a Familyar visa aproximar e criar redes de apoio para os mais velhos, envolvendo toda a família e amigos, bem como cuidados de saúde e ação social.

Aproximar para melhorar a vida da população sénior, um grupo em franco crescimento – Portugal é um dos países que em 2020 entrará para o grupo dos países “superidosos”, isto é, um em cada cinco habitantes terá idade superior a 65 anos –, é o princípio que está na base do desenvolvimento desta plataforma e app.

Uma ideia que nasceu precisamente quando Andrea Massara, responsável pela criação deste projeto, se viu confrontado com o pai, idoso, que vivia sozinho, longe e sentiu necessidade de encontrar uma forma de aproximação.

Algum tempo mais tarde, nascia esta plataforma social que visa ligar a população sénior não só aos seus familiares e amigos, uma forma de quebrar o isolamento em que muitas vezes se encontram, bem como a entidades sociais e inclusive de saúde.

Promover a autonomia dos idosos, melhorando a sua qualidade de vida, envolvendo a comunidade e, simultaneamente, prevenir a solidão e o isolamento social, é outro dos conceitos em que assenta a Familyar, com apps descarregáveis gratuitamente compatíveis com Android e iOS.

Comunicar mais e melhor

A Familyar permite a comunicação com os seniores a partir de qualquer local através de videochamadas, mensagens de texto, sendo ainda possível trocar fotos e criar eventos, tarefas e lembretes, por exemplo, para a toma de medicamentos e consultas, aulas de atividade física, entre outras, e de forma acessível para todos os elementos pertencentes ao grupo.

Tem também a vantagem de possibilitar a integração de outras aplicações, como sensores (para monitorização remota, por exemplo) ou jogos.

No que respeita a entidades sociais e de saúde, é uma forma eficaz de monitorização e eventual assistência virtual, envio de alertas em caso de surtos de alguma doença, ondas de calor ou vagas de frio, com recomendações para proteção, entre outras possibilidades, ou outras mensagens consideradas relevantes para o destinatário em questão.