Cortina Header
  Gestão Orçamental

Realizar poupança

Saiba mais »

 | Realizar poupança  | Realizar poupança
Casa

Mais segurança em casa em 9 passos

Publicado em 17-10-2017 por Cofina Conteúdos

Quando o tema é maior segurança em casa, há coisas que todos os lares deveriam partilhar. Segue-se uma lista para sua orientação.

Estojos de primeiros socorros

Dois é o ideal a ter, um na cozinha, para cortes e queimaduras, acidentes que acontecem com alguma frequência, e outro na casa de banho, por exemplo. Além da maior acessibilidade, em caso de falta de qualquer coisa num, poderá encontrá-la no outro. Lembre-se de os passar em revista regularmente para repor stock e deitar fora o que já não est iver em condições ou fora de prazo. Mais do que medicamentos, o da cozinha deve conter pensos rápidos de diferentes tamanhos e formas, incluindo os borboleta, para cortes mais profundos, compressas esterilizadas, luvas esterilizadas descartáveis, tesoura, pinça, creme antibacteriano, toalhetes antisséticos e adesivo. A estes, na casa de banho, devem juntar-se gel para picadas de insetos e alergias: creme antifúngico; termómetro; colírio para os olhos, antipiréticos, anti-inflamatórios; analgésicos; antidiarreicos, entre outra medicação aconselhada pelo seu médico.
 

Extintor

Deve ter sempre um, do tipo ABC, adequado a diferentes tipos de incêndio, na cozinha, visível e de acesso rápido. No caso de morar numa vivenda com vários andares, convém ter um extintor por cada andar. Antes de comprar, certifique-se de que cumpre as normas de segurança em vigor e de que seu tamanho e peso não comprometem o seu manejamento. Convém igualmente aprender a manejá-lo antes de precisar de o usar.
 

Manta/cobertor apaga-fogos

Um dois acessórios a ter decididamente na cozinha, ideal para apagar eficazmente pequenos incêndios que envolvem fritadeiras e outros aparelhos de cozinha e roupa de cama e vestuário, entre outros.
 

Lanternas e velas

Lanternas e pilhas, bem como velas e fósforos, devem ser mantidas em pelo menos dois pontos da casa de fácil acesso e conhecidos de todos. Verifique o estado das pilhas regularmente. Pode optar em alternativa por lanternas de dínamo.
 

Boa iluminação

Essencial para andar em segurança em casa, sem tropeçar ou cair, uma boa iluminação em toda a casa é algo que não deve descurar. Nalguns casos, eventualmente, especialmente no exterior, poderá instalar luzes com sensor de movimentos.
 

Detetor de monóxido de carbono

Dado não se conseguir ver nem cheirar, o monóxido de carbono pode acumular-se em espaços fechados sem se dar por isso, daí a utilidade de um detetor que alerta em caso de perigo. Deve ter um por andar.
 

Detetor de fumo

Como assinalam a presença anómala de fumo nas divisões onde estão instalados, conseguem detetar também incêndios, emitindo um sinal sonoro como alerta.
 

Alarme

Além de manter os seus bens protegidos, os alarmes ajudam a manter os amigos do alheio à distância minimizando a ocorrência de furtos, aumentando assim também a segurança dos residentes. Câmaras de videovigilância são igualmente um bom dissuasor. Para proteção adicional, mesmo durante períodos longos de ausência, pode considerar a contratação de uma empresa de segurança.
 

Lista de contactos

Mantenha num local visível por todos, crianças incluídas, uma lista actualizada de vários contactos de emergência, nos quais deve incluir um ou dois familiares, médico, Saúde 24 (808 24 24 24), Centro de Informação Antivenenos do INEM (808 250 143), baby-sitter, etc.