Este website utiliza cookies para melhorar a navegação. Ao navegar no website estará a consentir a sua utilização. Para saber mais clique aqui.

Cortina Header
  Gestão Orçamental

Prever as suas despesas

Saiba mais »

 | Prever as suas despesas  | Prever as suas despesas
Casa

Cinco dicas para conseguir cumprir os seus objetivos financeiros

Publicado em 04-01-2019 por Cofina Conteúdos

Se um dos seus objetivos para este ano é conseguir poupar mais, investir, manter as contas em dia ou saldar eventuais dívidas, estas dicas ajudam a consegui-lo mais facilmente.

Novo ano, novas resoluções, e nestas incluem-se frequentemente conseguir poupar para viajar, por exemplo, aumentar a conta-poupança ou investir num plano de reforma, entre outras possibilidades. Se é o seu caso, saiba como proceder para ser bem-sucedido.

Orçamento

Uma boa gestão financeira passa invariavelmente pela elaboração de um orçamento, que deve contemplar os rendimentos e as despesas como habitação, alimentação e deslocações (por transporte público ou particular – neste caso, há que incluir não só combustível, como manutenção, IUC e seguros). Deve também considerar despesas com educação, se aplicável, lazer, saúde, créditos, etc.
Idealmente, 10% dos rendimentos devem ser destinados a um fundo de poupança, sendo que existem várias apps que podem ajudar nesta tarefa.
Depois de concluído, o orçamento deve ser controlado mensalmente para se certificar de que está a ser cumprido ou se há necessidade de eventuais ajustes.  Leia também: Conheça alguns dos erros financeiros mais comuns

Procure ajuda

Se ao elaborar o orçamento perceber que a sua situação já se encontra algo descontrolada, não hesite e procure ajuda junto da instituição financeira onde tem créditos ou de outras instituições. No Portal do Consumidor, encontra uma lista com as entidades da Rede de Apoio ao Consumidor Endividado.

Dedique tempo a ler os extratos bancários e de crédito

Habitue-se a verificar os extratos bancários e de crédito: informe-se sobre as diferentes taxas cobradas, cumpra datas de pagamento e confirme as despesas assinaladas, porque esta é uma forma de detetar situações de fraude. Convém igualmente evitar pagar apenas os mínimos, uma vez que desta forma tardará mais em saldar a dívida.

Defina objetivos de curto prazo

É mais fácil poupar para objetivos de curto prazo, como uma viagem, um novo projeto pessoal, remodelações em casa ou aquisição de um novo frigorífico. Não se esqueça, no entanto, de contemplar esta despesa no seu orçamento, para poder controlar melhor os gastos. Convém não esquecer igualmente de continuar a pôr algum dinheiro de lado para a conta-poupança ou plano de reforma.

Invista

Uma boa opção sempre que possível é também investir parte do seu dinheiro em bens ou serviços capazes de gerar mais dinheiro. Informe-se sobre os vários produtos financeiros disponíveis e/ou fintech, por exemplo, que podem ajudá-lo a incrementar os seus rendimentos.