Este website utiliza cookies para melhorar a navegação. Ao navegar no website estará a consentir a sua utilização. Para saber mais clique aqui.

Cortina Header
  Gestão Orçamental

Realizar poupança

Saiba mais »

 | Realizar poupança  | Realizar poupança
Lifestyle

Como “esticar” a reforma

Publicado em 18-04-2019 por Cofina Conteúdos

Numa altura em que se fala na possibilidade de a idade da reforma subir e o valor da mesma descer, deixamos-lhe algumas sugestões para ajudar a rentabilizar a sua reforma.

Um bom plano de poupança passa por um orçamento e esta fase da vida não é exceção. Retificar o que tinha, ajustando-o à nova realidade, deve ser feito quanto antes.

Defina prioridades

Não é preciso abdicar do que se gosta para poupar dinheiro; pode significar simplesmente substituir o seu plano de telecomunicações por um de Internet sem pacote e trocar os canais de cabo (se não usufruir deles) por uma plataforma como a Netflix ou a HBO, por exemplo.

O ginásio é outra das despesas que pode ver diminuída se escolher um horário em que o mesmo é menos frequentado, uma vez que já não tem restrições de horários.

Aproveite os descontos

Viagens de comboio e autocarro, cinema, teatro e muitas das demais atividades de lazer e cultura, alojamento, lojas, workshops, etc., contemplam descontos, nalguns casos significativos, para reformados. Habitue-se a perguntar e a pedir o seu.

E por falar em descontos, os passes sociais – alvo recentemente de grandes alterações – devem ser uma opção a ponderar se reside numa área servida de transportes, dada a poupança que permitem em combustível, estacionamento e o stress que também evita se não tiver de conduzir em hora de ponta.

Rentabilize o seu tempo…

Como tem mais tempo livre, pode aproveitar para disponibilizar os seus serviços a terceiros. Explicações, passear cães na vizinhança, ajudar na assistência de crianças ou pessoas de alguma forma incapacitadas. Fazer companhia algumas horas por dia/semana/quando o cuidador precisar de se ausentar, levar a consultas, ler em voz alta, ajudar com documentos/formulários, etc. Mesmo não cobrando dinheiro, qualquer uma destas opções, entre outras possíveis, é uma boa alternativa para ocupar o tempo livre se o considerar excessivo.

… e os seus bens

Da roupa que não veste aos livros que já leu, passando pelos eletrodomésticos a que não dá uso e móveis, bicicleta ou carro que quer trocar, são inúmeras as coisas que pode ter em casa para vender – basta que estejam em bom estado. Empresas como a OLX, Roupeiro.pt, eBay.com, e Etsy.com são um bom ponto de partida.

Faça contas à casaA sua casa é outro dos aspetos que deve ponderar quando se reforma, altura em que os filhos, regra geral, já saíram do ninho. Faça as contas às despesas da casa e veja se trocá-la por uma mais pequena ou noutro local é vantajoso ou não.