Este website utiliza cookies para melhorar a navegação. Ao navegar no website estará a consentir a sua utilização. Para saber mais clique aqui.

Cortina Header
  Gestão Orçamental

Prever as suas despesas

Saiba mais »

 | Prever as suas despesas  | Prever as suas despesas
Casa

Compras online: dicas para gastar menos

Publicado em 29-08-2016 por Cofina Conteúdos

Dos livros e material escolar a mobiliário, roupa e produtos de supermercados, é já possível comprar praticamente tudo sem sair de casa; basta estar ligado à Internet. Ficam alguns conselhos para que o seu dinheiro renda mais.

 
Tal como acontece quando vai ao supermercado, comparar preços é essencial já que é possível encontrar diferenças significativas para os mesmos produtos de site para site, por isso empenhe-se na busca.

 

Portes

Tão importante como o preço dos artigos que pretende adquirir é muitas vezes o valor cobrado em portes e despesas de envio, especialmente em sites estrangeiros. Neste caso, convém informar-se sobre os benefícios oferecidos – dependendo do valor da compra, os portes podem ser gratuitos; compensa por isso comprar mais do que um produto de cada vez. Isto não significa, no entanto, que deva começar a fazer compras desenfreadamente, mas se tiver a comprar roupa para bebé, por exemplo, pode juntar-se a um familiar ou amiga e ver reduzida ou eliminada a despesa com o envio.

Em território nacional, muitos portes podem tornar-se gratuitos, mesmo não atingindo o valor mínimo, se a entrega for feita na loja. Analise as diferentes possibilidades.

 

Quando o barato sai caro

É muito fácil encontrar autênticas pechinchas na Net, mas as aparências podem iludir. Quando lhe parecer demasiado bom para ser verdade, sobretudo em sites em que nunca fez compras, faça uma pesquisa sobre os mesmos e leia as críticas. Confira a informação sobre o produto pretendido, bem como os tempos de envio.

 

Diga sim às promoções

Registar-se nos sites e inscrever-se para receber as newsletters das marcas onde costuma fazer compras é sempre bom, dado permitir-lhe manter-se sempre a para das promoções, muitas vezes feitas apenas para clientes online. É também uma forma de saber quando os artigos que pretende adquirir são alvo de algum desconto; basta na maioria das vezes adicioná-los às wishlists – funciona igualmente com produtos que se tenham esgotado e voltem a estar disponíveis.

 

Prime, premium?

Alguns sites como o Amazon, oferecem aos seus clientes vantagens bastante apelativas, mediante o pagamento de anuidade, que pode ou não ser facilmente compensada – depende do volume de compras que fizer. Entre os vários benefícios, contam-se portes gratuitos ou reduzidos, acesso gratuito a ebooks e músicas. Pode ser uma boa opção, mas antes há que fazer bem as contas.

 

Tudo bem somado

Contas é também o que deve fazer sempre que as compras forem feitas em moeda estrangeira, para se certificar de que realmente vale a pena. Se há casos em que se pode tornar bastante vantajoso, como na altura do Brexit, em que a libra desvalorizou, outros há em que pode não compensar.

 

Simplifique

No caso de roupa e calçado, habitue-se a confirmar nas tabelas de tamanhos se está a fazer a escolha certa. Evita não só o trabalho com a troca, mas também deceções, caso a peça não se encontre depois disponível.