Este website utiliza cookies para melhorar a navegação. Ao navegar no website estará a consentir a sua utilização. Para saber mais clique aqui.

Cortina Header
  Gestão Orçamental

Manter alguma liquidez

Saiba mais »

 | Manter alguma liquidez  | Manter alguma liquidez
Casa

Dicas básicas para guardar as garrafas de vinho em casa

Publicado em 18-12-2019 por Cofina Conteúdos

Se aproveitou as mais recentes promoções ou foi presenteado com uma caixa de vinho, ficam algumas sugestões para o guardar da melhor forma para consumo a curto e médio prazo.

Se não tem muito espaço em casapara armazenar vinho, e muito menos uma adega, mas gosta de ter por perto algumas garrafas para acompanharem as refeições ou desfrutar na companhia de amigos saiba que bastam alguns cuidados básicos para o preservar em ótimas condições.

Convém ter igualmente em atenção que só uma minoria dos vinhos “envelhece bem” – a maioria dos vinhos tintos não deve ser armazenada por mais de dez anos e para os brancos devem ser considerados dois a três anos.

Abrigado da luz do sol

Para guardar o seu vinho escolha sempre um local escuro, abrigado da luz direta do sol e, de preferência, também da incidência regular de luzes artificiais, especialmente as fluorescentes. Um bom local pode ser a parte de baixo da despensa, desde que esta se encontre numa zona pouco luminosa. Em alternativa, guarde as garrafas de vinho em caixas fechadas, mas não diretamente em cima umas das outras – assim evita ter de movimentar várias para retirar uma ou duas, evitando que o movimento e a vibração deteriorem o vinho das demais.

Longe de calor

O calor é um dos principais inimigos do vinho. O ideal é guardar as garrafas de vinho em locais com uma temperatura de 12 oC, preferivelmente, a 18 oC, nunca devendo ultrapassar os 24 oC – atenção por isso a zonas junto a eletrodomésticos como fornos, frigoríficos ou arcas congeladoras.

Humidade q.b.

Um dos pontos a ter em atenção, especialmente se o consumo não for imediato, é a humidade da zona onde mantém as garrafas de vinhos. O nível de humidade ideal situa-se entre os 65% e os 75%. Níveis mais baixos provocam a secura das rolhas, que “mirram”, permitindo a entrada de ar na garrafa, o que leva à oxidação do vinho. Uma das formas de contornar esta questão, se o local escolhido for mesmo muito seco, é pôr um recipiente com água por perto.

Deitadas, preferivelmente

Para manter a qualidade do vinho, o ideal é que as garrafas sejam mantidas na horizontal para permitir que o vinho esteja sempre em contacto com a rolha e assim prevenir um eventual contacto com o ar. Claro que, se a colheita for recente e o vinho for para consumo rápido, mantê-las na vertical não deverá ser problemático.


Palavras-chave: