Este website utiliza cookies para melhorar a navegação. Ao navegar no website estará a consentir a sua utilização. Para saber mais clique aqui.

Cortina Header
  Gestão Orçamental

Tenha consciência dos seus proveitos e dos seus gastos

Saiba mais »

 | Tenha consciência dos seus proveitos e dos seus gastos  | Tenha consciência dos seus proveitos e dos seus gastos
Motores

Híbridos e elétricos: cinco modelos que prometem cativar

Publicado em 01-08-2018 por Cofina Conteúdos

De manutenção mais barata e mais amigos do ambiente, os carros híbridos e elétricos estão a conquistar adeptos de dia para dia. Conheça cinco dos modelos mais populares

Os combustíveis fósseis como a gasolina e o gasóleo vão deixar de ser uma opção a médio e longo prazo não só porque as reservas de petróleo estão a diminuir, mas também porque algumas capitais vão proibir a circulação de veículos até 2025, caso, entre outras, de Londres, Madrid, Paris e Bruxelas. Por outro lado, a venda de carros com motor a combustão poderá ser proibida em vários países a partir de 2050, como a Alemanha, França, Holanda, Noruega e Reino Unido.

A utilização deste tipo de veículos é também mais barata, um (grande) ponto a seu favor, sobretudo no nosso país, onde o preço da gasolina é elevado. No caso dos carros elétricos, é também fácil carregá-los. Se não o fizer em casa, a rede pública de carregamento é uma opção prática, sendo que tem já várias centenas de postos.

Entre as vantagens dos veículos elétricos e híbridos estão também as emissões de CO2, zero, no caso dos primeiros, e bastantes reduzidas no caso dos segundos. O planeta agradece e nós também.

 

Ainda indeciso?

Preço e autonomia – no caso dos elétricos – são para muitas pessoas ainda fatores dissuasores neste tipo de veículos, mas a médio e longo prazo, os custos de utilização e manutenção acabam por compensar, além de que tudo indica que os preços comecem a baixar. Se a autonomia dos elétricos for um motivo de hesitação, os híbridos são uma boa opção.

 

Honda CR-V Hybrid

Ainda não chegou ao mercado europeu, mas está para breve. Já é vendido na China e tem a vantagem de juntar um motor de propulsão elétrica e um motor 2.0 i-VTEC de quatro cilindros a gasolina a um dos SUV mais populares do mundo. Desta feita um pouco mais alto, comprido e largo do que a versão anterior, com pneus e jantes também maiores.

 

Toyota Prius

Um dos pioneiros no que aos híbridos diz respeito, o Prius agora com novo modelo continua a dar cartas em termos de tecnologia, eficiência, inovação, design e experiência de condução.

 

Peugeot 508 RXH

Um todo-o-terreno com uma excelente posição de condução e baixos consumos (4,1/100 km), este híbrido da Peugeot alia um enorme cuidado estético no interior e também exterior, que lhe confere um ar aventureiro bastante apelativo.

 

Renault Zoe

Um dos veículos elétricos com maior autonomia, cerca de 300 km “reais” de acordo com a marca, o Renault Zoe equipara-se ao Clio em habitabilidade, acomodando cinco pessoas e possui uma mala de 338 litros. Pensado para total conforto de condutor e passageiros, “escolher um automóvel 100% elétrico nunca foi tão fácil”, assegura a marca.

 

Nissan Leaf

Com uma autonomia de 250 km, o Nissan Leaf mantém-se no topo dos elétricos mais vendidos em Portugal, oferecendo uma experiência de condução “sensacional” graças às diferentes funcionalidades de Mobilidade Inteligente da Nissan.