Este website utiliza cookies para melhorar a navegação. Ao navegar no website estará a consentir a sua utilização. Para saber mais clique aqui.

Cortina Header
  Gestão Orçamental

Antecipar outros encargos

Saiba mais »

 | Antecipar outros encargos  | Antecipar outros encargos
Motores

Limpa-para-brisas: cuidados para preservar a sua vida útil

Publicado em 14-05-2018 por Cofina Conteúdos

Essenciais para uma boa visibilidade e segurança ao volante, com chuva ou em locais e ambientes poeirentos, os limpa-para-brisas requerem alguns cuidados básicos para assegurar o seu bom funcionamento

Limpar as escovas de vez em quando e substituí-las regularmente, bem como inspecionar os limpa-para-brisas, são hábitos que deve ter não só por uma questão de segurança – uma boa visibilidade é um fator essencial na prevenção de acidentes –, mas também por razões económicas, dado permitir prolongar o seu tempo de vida útil.

 

Troque as escovas limpa-vidros

A exposição ao sol, a humidade, a acumulação de detritos, o pólen e outras poeiras são alguns dos fatores que facilmente danificam as escovas limpa-vidros, sendo por isso necessário dedicar-lhes uma atenção especial e trocá-las pelo menos uma vez por ano ou antes, se detetar que já não se encontram em bom estado, apresentando rachas, por exemplo. Os danos nas escovas comprometem o seu bom funcionamento e diminuem a visibilidade.

Caso as escovas se movam com dificuldade, fazendo barulho em contacto com o vidro, ou não consigam limpar toda a área por onde passam, convém trocá-las rapidamente.

Certifique-se de que o tamanho das escovas é o recomendado para o seu automóvel.

 

Limpeza regular

Convém de igual modo limpá-las regularmente, por exemplo, sempre que atesta o depósito. Água e uma toalha de papel ou pano macio são o material necessário para uma limpeza básica. Para remover gordura e outra sujidade, o uso de vinagre é uma solução barata e eficaz a que pode recorrer – um produto limpa-vidros é outra opção.

 

Inspeção atenta

Verifique periodicamente, especialmente antes das épocas de mais chuva, o estado geral do limpa-para-brisas. Sinais de deterioração como corrosão, fraturas ou desencaixes na estrutura do braço, partes em falta, ausência de flexibilidade e/ou desgaste da borracha indicam necessidade de substituição. Aproveite e certifique-se de que as borrachas estão bem encaixadas.

Uso cuidado

Não use as escovas limpa-para-brisas a seco, já que a sujidade, a poeira e outros detritos acumulados podem danificá-las. Use apenas com líquido limpa-vidros. Também não deve utilizá-las em situações de neve ou gelo acumulados no vidro, já que há grandes probabilidades de se deformarem com o peso – use um raspador próprio para o efeito e/ou o sistema de aquecimento.