Este website utiliza cookies para melhorar a navegação. Ao navegar no website estará a consentir a sua utilização. Para saber mais clique aqui.

Cortina Header
  Gestão Orçamental

Manter alguma liquidez

Saiba mais »

 | Manter alguma liquidez  | Manter alguma liquidez
Casa

Medicamentos de inverno para abastecer a sua farmácia

Publicado em 27-01-2020 por Cofina Conteúdos

Temperaturas baixas, chuva, nalguns casos neve, vento seco, típicos do nosso inverno, costumam anunciar resfriados, constipações, gripe ou frieiras. Saiba o que deve ter no armário de medicamentos para facilitar o seu tratamento.

Passar em revista os medicamentos que tem em casa é um cuidado que deve ter regularmente, não só para repor o stock daqueles mais usados, para evitar surpresas se algum dia precisar. Todos os que já se encontrarem fora de validade devem ser entregues na farmácia mais próxima, não os deite para o lixo normal. Convém igualmente ter o cuidado de guardar os folhetos informativos nas respetivas caixas de medicamentos e consultá-los para respeitar as várias informações.

Antipiréticos e analgésicos

São usados para combater a febre e para o alívio de dores, como cefaleias ligeiras, dores musculares ou de dentes. Ajudam ainda a aliviar o mal-estar típico das gripes e constipações. Atenção que não combatem inflamações e não deve exceder a dosagem recomendada.

Pastilhas para a garganta

Inverno é tempo por excelência também de dores/inflamação na garganta e rouquidão. Ter em casa anestésicos locais, pastilhas anti-inflamatórias e/ou rebuçados próprios para o efeito é meio caminho andado para o seu alívio.

Anti-histamínicos

Ajudam a tratar sintomas associados às alergias, mas também gripes e constipações, como espirros, corrimento nasal, tosse, bem como irritação dos olhos em muitas situações. Presença habitual na farmácia de quem sofre de alergia, são uma boa aposta nos meses mais frios.

Gotas para os olhos

Entre os sintomas das constipações e gripes, contam-se muitas vezes os olhos irritados e/ou lacrimejantes, bastante incomodativos. Informe-se com o seu farmacêutico sobre a melhor opção para o seu caso e (re)abasteça o stock.

Descongestionantes nasais

Um dos sintomas mais incomodativos das constipações e gripes, o nariz entupido ou congestionado, é debelado com este tipo de fármaco, disponível em spray ou gotas para aplicação tópica e para toma oral.

Antitússicos

Usados para o alívio de tosse seca, persistente, bastante incomodativa, os antitússicos estão disponíveis em xarope, gotas ou pastilhas. Não devem ser usados por períodos superiores a cinco dias, altura em que deve consultar o médico, o que também deve fazer se a tosse for acompanhada de catarro ou muco de cor amarela, esverdeada ou sangue.

Pomadas/cremes hidratantes

Manter as mãos e os pés hidratados ajuda a prevenir e/ou aliviar os sintomas das frieiras, caso estas apareçam. Convém munir-se de um bom creme ou pomada hidratante, que deve aplicar regularmente.

Para o cieiro

Se tem propensão para cieiro deve ter sempre consigo um batom ou creme hidratante, até porque o cieiro, além dos lábios, pode afetar pálpebras, maçãs do rosto, mãos ou fissuras entre os dedos, por exemplo. No rosto deve aplicar sempre um bom hidratante antes de sair de casa.