Este website utiliza cookies para melhorar a navegação. Ao navegar no website estará a consentir a sua utilização. Para saber mais clique aqui.

Cortina Header
  Gestão Orçamental

Prever as suas despesas

Saiba mais »

 | Prever as suas despesas  | Prever as suas despesas
Casa

Na pista do seu patudo – rastreadores para cães e gatos

Publicado em 06-07-2018 por Cofina Conteúdos

Saber a localização do seu cão ou gato a qualquer hora do dia é agora muito fácil: tudo o que precisa é de um rastreador na coleira do animal e uma app no smartphone, tablet e/ou computador.

Por mais cuidado que se tenha, os seus patudos podem perder-se, especialmente em ambientes desconhecidos, como acontece se os levar consigo de férias e sobretudo se estiverem assustados. Apesar de (alguns) relatos de regressos quase miraculosos de cães ou gatos que percorreram dezenas senão mesmo centenas de quilómetros depois de se perderem dos donos, o melhor é não confiar, até porque são muitos os perigos para estes animais na rua, muitos deles fatais.

 

Coleira e chapa de identificação – o primeiro passo

Sempre que haja a possibilidade de o seu cão, gato ou mesmo coelho ou furão, por exemplo, sair de casa e perder-se, por se desorientar, devido à brincadeira com outros animais, curiosidade, etc., convém colocar-lhe uma coleira com uma chapa de identificação com o seu contacto telefónico. Trata-se de uma forma eficaz de identificar que o animal tem dono e, caso seja possível, de a pessoa que se aperceber de que ele está perdido ligar a comunicar o facto.

No caso da Silincode Pets, por exemplo, uma chapa de identificação com QR code, poderá incluir além da sua identificação e da do animal, contactos vários, informação veterinária, etc.

 

A um clique de distância

Fora de portas há todo um mundo por explorar e os animais de companhia não são exceção e é fácil partir à aventura se a oportunidade surgir. Trânsito nas ruas, contacto com pessoas e outros animais desconhecidos, ruídos estranhos ou ousadia excessiva, por exemplo, entre outras possibilidades, podem dificultar o regresso a casa.

Uma das formas de localizar facilmente o seu patudo em caso de desaparecimento é colocar-lhe um rastreador GPS na coleira. Associados a apps que se descarregam no smartphone ou a outros dispositivos compatíveis, permitem-lhe saber, com margens reduzidas de erro, a localização do seu fiel amigo para chegar ao seu encontro.

Atualmente, são muitas já as opções disponíveis. Antes de comprar, convém ter em atenção alguns fatores, nomeadamente a área de ação. Certifique-se de que servem para a área geográfica pretendida, isto porque apesar de muitos funcionarem em todo o mundo, há alguns limitados apenas a um país ou continente. Importante também é a distância alcançada, o número de animais abrangidos, o tamanho e peso (sobretudo em gatos e cães de porte pequeno) e a subscrição ou não de serviço.

  • Lapa (Lapa + acessório de coleira) – Depois de pendurar a Lapa – desenvolvida por uma equipa portuguesa – na coleira do seu animal, pode procurá-lo através de um radar dando-lhe um toque ou pedindo ajuda à rede Lapa para procurar consigo ou por si. Tem um Modo de Segurança, que pode alertá-lo sempre que o animal saia do seu alcance, permitindo-lhe igualmente procurá-lo no mapa e verificar a posição GPS do local onde foi visto pela última vez. Entre as suas outras funcionalidades, encontra ainda a Localização Comunitária ou Partilha com Amigos.
  • Tabcat – Especificamente desenvolvido para gatos, o Tabcat prende-se facilmente à coleira dos mesmos, guiando-o até à sua localização sempre que necessário. Cada dispositivo pode funcionar para até quatro gatos, desde que se coloque a respetiva chapa em cada coleira.
  • Findster Duo – Constituído por dois módulos, um para o animal e outro para o dono, que podem comunicar sem fios num raio de até 5 km aproximadamente. O recurso à app permite-lhe verificar a localização do patudo em tempo real mesmo sem cobertura.
  • Trackimo – Dispositivo  GPS-GSM leve, compacto e à prova de água, que indica a sua localização na app Inclui botão de Emergência SOS, que pode ser acionado por quem encontre o animal, que envia SMS para números de telefone predefinidos com informação sobre a localização do mesmo.
  • Kippy – Com sistema de geolocalização, permite conhecer a posição do animal a qualquer momento. Tem alcance ilimitado, funcionando mesmo se o seu patudo se encontrar a 1000 km de distância, requerendo, no entanto, ativação do Service Package.

 

Microchip: se ainda não tem, não espere mais

O implante de um microchip no seu animal de companhia é uma das ferramentas mais eficazes para a sua identificação – e eventual devolução – no caso de o mesmo se perder ou for roubado, por exemplo, ou se perder a coleira. Caso haja alguma alteração nos dados de identificação, como a morada ou o contacto telefónico, convém comunicar de imediato ao seu veterinário para se proceder à sua retificação.

É também já obrigatório em caso de viagem para o estrangeiro, por isso se está a pensar viajar brevemente com o seu patudo, marque consulta para o seu implante, um processo rápido e indolor.