Este website utiliza cookies para melhorar a navegação. Ao navegar no website estará a consentir a sua utilização. Para saber mais clique aqui.

Cortina Header
  Gestão Orçamental

Manter alguma liquidez

Saiba mais »

 | Manter alguma liquidez  | Manter alguma liquidez
Motores

Vai comprar o primeiro carro? Sete dicas a considerar

Publicado em 11-09-2018 por Cofina Conteúdos

Adquirir o primeiro automóvel, novo ou usado, é sempre uma experiência memorável, simultaneamente fascinante e algo intimidante

Quem não se lembra do seu primeiro carro? Para que tudo corra bem e as recordações sejam as melhores, eis alguns dos aspetos a considerar.

 

Avalie as suas necessidades

É fácil perdermo-nos entre as muitas marcas e ainda mais modelos de carros no mercado. Citadino, SUV, familiar, a diesel, gasolina, elétrico, híbrido, híbrido plug-in, a lista não se esgota minimamente por aqui e ainda não se chegou a questões como o design. Ter a noção exata das suas necessidades reais é importantíssimo na hora de escolher um carro. Ponderação é a palavra-chave.

 

Faça bem as contas

Antes de comprar um carro, é necessário assegurar que dispõe de dinheiro não só para o adquirir, mas também para pagar todas as despesas que lhe estão associadas, como seguro, combustível e manutenção regular e inspeções. Por isso, antes de se precipitar, verifique quanto pode dispensar do seu orçamento geral e parta daí. Um simulador de crédito é uma das ferramentas que deve consultar.

 

Busca intensa

A Internet é provavelmente o melhor ponto de partida para encontrar o carro ideal por isso aproveite todas as suas vantagens. Compare críticas, opiniões, marcas e modelos, consumos, comportamento, etc. Passe então aos stands, concessionários de veículos usados até ter a certeza de que encontrou a melhor oferta. Compare preços, promoções, etc. Lembre-se, a principal função do vendedor deve ser ajudá-lo a fazer a melhor escolha – não se iniba, por isso, de levantar todas as questões que considerar pertinentes.

 

Um é bom, dois ou mais é sempre melhor

Levar um familiar ou amigo mais familiarizado com automóveis e respetivo funcionamento é sempre uma boa aposta na hora de adquirir o seu carro. Peça-lhes ajuda.

 

Escolha a companhia de seguros

O seguro automóvel é obrigatório, por isso convém dedicar algum tempo a escolher a seguradora que melhor corresponde às suas necessidades. Analise as diferentes opções de coberturas oferecidas, prémios, franquias, assistência em viagem, etc.

 

Manutenção precisa-se

Qualquer automóvel requer manutenção regular e reparação em caso de avaria. Encontrar uma oficina de confiança é outro dos passos incontornáveis quando se adquire um automóvel. Informe-se na sua área de residência, no local de trabalho, confirme se está autorizada pela marca, se não optar por uma da mesma, peça referências de familiares e amigos, consulte as opiniões online para uma escolha mais acertada. Caso as informações não sejam muitas, comece, se possível, por questões simples, como mudança de óleo, troca de filtros, etc. Se ficar satisfeito com o serviço e atendimento, está no bom caminho para uma relação de confiança.

 

Test drive sempre

Um test drive é a forma mais prática de saber se se sente confortável ou não a conduzir o carro que pretende comprar. Exija-o sempre, uma ou mais vezes, no caso de indecisão entre dois modelos, por exemplo. Outra das coisas a exigir é a explicação das diferentes características e funcionamento de todo o equipamento.


Palavras-chave: