Este website utiliza cookies para melhorar a navegação. Ao navegar no website estará a consentir a sua utilização. Para saber mais clique aqui.

Cortina Header
  Gestão Orçamental

Realizar poupança

Saiba mais »

 | Realizar poupança  | Realizar poupança
Lifestyle

Vai viajar em longo curso? Essenciais para a mala de mão

Publicado em 26-07-2019 por Cofina Conteúdos

Bilhetes adquiridos, passaporte em dia, vistos tratados… Se só lhe falta fazer as malas para rumar ao aeroporto e descolar, saiba o que deve incluir na bagagem de mão para desfrutar o melhor possível das longas horas no avião.

Entretenimento

A não ser que consiga dormir desde o início ao fim da viagem, leve um  um leitor de e-books ou tablet, com a bateria previamente carregada, um livro, palavras cruzadas, uma revista e caneta ou um jogo de viagem para passar o tempo.

Almofada de viagem

Leves e fáceis de transportar as almofadas de viagem oferecem o apoio necessário para a cabeça e pescoço prevenindo dores e contraturas à chegada ao destino.

Snacks

As esperas no aeroporto podem representar horas pelo que um ou outro snack na mala serão sempre bem-vindos. Atenção a bebidas, uma vez que não é permitido transportar embalagens com mais de 100 ml.

Garrafa de água

Manter-se hidratado é um cuidado que se deve ter sempre, mas lembre-se de esvaziar a sua garrafa antes de passar no controlo de segurança, uma vez que só são permitidos recipientes até 100 ml.

Carteira de viagem

Antes de sair de casa, confirme que tem todos os documentos necessários: BI/Cartão de Cidadão e/ou Passaporte com os vistos exigidos, caso se aplique, documento/cartão de viagem válido, boletim de vacinas, se aplicável.

Saco transparente com kit higiene pessoal

Porque os imprevistos acontecem, convém levar igualmente na bagagem de mão escova e pasta de dentes, medicação regular, colírio para os olhos, creme hidratante, escova de cabelo e outros artigos necessários, como caixa de lentes de contacto ou um analgésico, se costuma ter dores de cabeça, por exemplo. Outra coisa que não deve faltar é uma muda de roupa, pelo menos interior, não vá a bagagem “desviar-se” pelo caminho.

Meias de compressão e calçado confortável

Prevenir é sempre o melhor remédio e, em viagens prolongadas em espaços confinados, como acontece particularmente na classe económica, há o risco – apesar de ser pequeno – de se desenvolver trombose venosa profunda, também conhecida por síndrome da classe económica. Usar meias de compressão, passear ao longo do corredor e manter-se hidratado são formas de minimizar a probabilidade de a mesma ocorrer. Uma vez que os pés tendem a inchar, é aconselhado levar calçado confortável, nunca apertado.

Dificuldades em dormir?

Máscara de dormir, tampões para os ouvidos e, eventualmente, medicação para ajudar a adormecer de acordo com as indicações do seu médico, são alguns dos elementos a acrescentar à bagagem de mão.

Adaptador de corrente

Se no destino precisar de uma adaptador de corrente, leve-o consigo. Se a bagagem se “perder”, não ficará dependente da sua chegada para carregar smartphone e afins. Carregador é outro dos artigos que não pode dispensar.