Powered by

Cetelem
Notas em Dia
Que custos deve considerar quando se contrata um crédito pessoal clássico?Que custos deve considerar quando se contrata um crédito pessoal clássico?

Que custos deve considerar quando se contrata um crédito pessoal clássico?

Que custos deve considerar quando se contrata um crédito pessoal clássico?

Para além dos juros pagos pelo empréstimo, existem outros custos a considerar na contratação de um crédito pessoal clássico:

  1. Comissão de estudo/dossier e ou comissão de contratação
  2. Imposto de selo sobre a utilização do crédito

Algumas Instituições Financeiras cobram uma comissão inicial (designada por comissão de estudo, comissão de dossier, ou outra semelhante) para estudar a viabilidade de conceder um determinado empréstimo. Outras Instituições cobram opcionalmente e ou adicionalmente uma comissão de contratação.

À semelhança das restantes comissões também sobre o valor destas incide o imposto de selo de 4%.

Para além destes custos, todos os contratos de crédito pessoal são alvo do imposto de selo sobre a utilização do crédito, também conhecido por ISUC.

O ISUC é cobrado no momento da contratação do crédito, e não entra para o cálculo da prestação mensal. No caso de créditos pessoais clássicos, a taxa de ISUC a aplicar é variável de acordo com o prazo do empréstimo:

 

GuiaCredito04

 

No nosso exemplo, um crédito de 10.000€ a 60 meses, o ISUC a aplicar resultará da multiplicação da taxa de 1% pelo montante, ou seja, ISUC = 10.000€ x 1%= 100€.

Com base nestas componentes, um plano de prestações para um crédito pessoal de 10.000€, durante 60 meses com uma TAN de 9% teria a seguinte composição:

 

GuiaCredito04