Powered by

Cetelem
Notas em Dia
Casar em tempo de pandemiaCasar em tempo de pandemia

Casar em tempo de pandemia

Casar em tempo de pandemia

As restrições impostas pela covid-19 vieram alterar por completo todas as áreas das nossas vidas e os casamentos, momentos de reunião e celebração por excelência, não foram exceção. Se está a pensar dar o nó brevemente saiba o que pode esperar.

Segundo a Diretora-Geral da Saúde, em conferência de imprensa, “as pessoas têm de rever as suas cerimónias. Há regras e não podemos celebrar um casamento, um batizado ou outra festa como o fazíamos antes”.

Casar-se ou não durante a pandemia é a questão que muitos noivos têm colocado. Muitos já optaram por adiar o casamento, outros, com data agendada para breve, revelam-se ainda indecisos.

No entanto, saiba que existe flexibilidade de muitos fornecedores (espaço, catering, músicos) disponíveis para reajustar os seus serviços.

20 convidados

Para quem sonhava com uma festa grande, onde pudesse reunir todos os familiares e amigos para celebrar uma das datas mais importantes da sua vida, as restrições do número de convidados surgiram como um balde de água fria: não pode exceder as duas dezenas e não deve misturar muitos agregados familiares para minimizar o risco de contágio.

Há, no entanto, quem considere que as cerimónias com menos pessoas, reduzidas à esfera social mais íntima, sejam um modelo para perdurar, em muito devido ao impacto socioeconómico desta pandemia.

São também uma oportunidade para se apostar num menu e/ou espaço melhores ou mesmo numa celebração diferente, já que os convidados são em número reduzido.

E já que falamos em menu, é provável que este sofra também alterações uma vez que o formato buffet não é permitido.

Máscara: o novo obrigatório

Na carteira, além do batom e do blush para retocar a maquilhagem, das chaves do carro, dos lenços de papel e do álcool gel, há um acessório essencial, a máscara, que, de dia para dia, se tem vindo a reinventar com novos modelos e padrões para conjugar na perfeição com o vestuário.

A máscara e as luvas, aliás, perspetivam-se como uma das novas tendências dos casamentos e são, regra geral, personalizadas para fazer pendant com o vestido da noiva, o fato do noivo ou o tema escolhido para a decoração do local escolhido para a cerimónia.

Ar livre

Enquanto as temperaturas o permitirem, os espaços ao ar livre são a opção preferencial. Além do menor risco de contágio, reduzem a sensação de confinamento, uma lufada de ar fresco!

Em direto

As limitações ao número de pessoas presentes não significam que não se possa partilhar este momento tão especial com todos os convidados inicialmente previstos. Basta passar o casamento em direto através do Zoom, por exemplo. Outra hipótese é enviar-lhes o vídeo do casamento e reunirem mais tarde para celebrarem juntos.

Lua-de-mel

Nos tempos que correm, a lua-de-mel de sonho poderá ter de ser adiada, nalguns casos, para data ainda incerta. Para já, a Comissão Europeia desaconselha a viajar para fora da Europa e muitos destinos intercontinentais rodeiam-se ainda de muitas incertezas, não só no que respeita à segurança, como à forma de lá se chegar, uma vez que nem todas as rotas serão para já repostas.

Optar por ir para fora cá dentro poderá ser a melhor aposta e são muitos os locais de sonho com o selo Clean & Safe à sua espera.