Powered by

Cetelem
Notas em Dia
Manter a casa fresca no verão sem ar condicionadoManter a casa fresca no verão sem ar condicionado

Manter a casa fresca no verão sem ar condicionado

Manter a casa fresca no verão sem ar condicionado

Com as temperaturas a rondar os 30°C, como nos meses de verão, não há nada melhor do que chegar a casa e encontrá-la a uma temperatura agradável, mesmo sem ar condicionado.

Manter a casa fresca quando o mercúrio nos termómetros sobe passa, antes de mais, por manter o calor fora de portas e nem sempre é necessário ter um ar condicionado. Um hábito que deve adquirir desde logo é fechar as janelas e os estores de manhã, antes de a temperatura começa a subir, e abri-los no final do dia, quando a temperatura desce. Em alternativa, poderá aplicar uma película refletora nos vidros das janelas. Desta forma, poderá preservar a luz natural.

Limite as luzes ao mínimo necessário

Apagar as luzes de que já não necessita, devido à sua residual emissão de calor, é outro dos hábitos que todos em casa devem adquirir. Pode também substituir as lâmpadas incandescentes por lâmpadas LED ou fluorescentes compactas (CFL) – estas, além de emitirem menos calor, duram mais e gastam consideravelmente menos, o que é uma boa notícia na hora de pagar a conta da luz.

Isolamento é a palavra-chave

Muitas portas e janelas deixam passar ar, permitindo que o ar fresco saia e o ar quente entre, por isso, tenha ou não ar condicionado, é importante isolá-las bem. Para o conseguir, tem várias alternativas: a mais eficiente a médio e longo prazo, e durante todo o ano, é o isolamento térmico; pode igualmente recorrer a barras para portas, rolos e fitas de calafetagem, o que é mais acessível, existindo um vasto leque de opções disponíveis no mercado.

Use menos o forno

Se não puder dar férias à cozinha, dê pelo menos uma (grande) pausa ao forno, já que a sua utilização quando a temperatura no exterior é elevada só contribuirá para sobreaquecer a casa. Deixe antes o forno para as estações mais frias, altura em que o seu calor e os aromas ajudam a tornar o ambiente mais acolhedor. Planeie menus que não requeiram muito calor na sua confeção e use mais o micro-ondas, por exemplo.

Crie um jardim em casa

Uma das formas de afastar o calor é manter plantas em casa. Quantas mais, melhor e, de preferência, de folhagem larga, mais refrescantes. Os benefícios vão muito além da temperatura da casa: além de melhorarem a qualidade do ar, as plantas melhoram a saúde mental, estimulam o sistema imunitário, melhoram a produtividade e ajudam a relaxar, por exemplo.

Ligue a ventoinha

Para uma maior sensação de frescura, uma ventoinha pode ser tudo o que precisa. Convém, no entanto, ter em atenção que, ao contrário do ar condicionado, as ventoinhas não servem para arrefecer as divisões da casa. O ar que fazem circular é que ajuda a arrefecer as pessoas ao afastar o ar quente produzido pelo próprio corpo e a evaporarem a transpiração. Por isso, se sair de uma divisão onde tenha a ventoinha ligada, desligue-a. Para melhorar a eficiência das ventoinhas, experimente colocar-lhes à frente, enquanto trabalham, um caixa com gelo ou uma garrafa de água gelada.

E ainda, sabia que…

Lavar os pés com água fria antes de se deitar ou aplicar compressas frias nos pulsos dá uma sensação de frescura imediata? E que com temperaturas elevadas, os lençóis de algodão são melhores do que os de seda ou cetim?