Powered by

Cetelem
Notas em Dia
Se conduz, estas apps são para siSe conduz, estas apps são para si

Se conduz, estas apps são para si

Se conduz, estas apps são para si

Contraindicado – e proibido – durante a marcha ou andamento, o seu smartphone pode revelar-se um forte aliado das suas viagens e deslocações.

Para não perder o norte, são muitas as apps com mapas e informações várias sobre o território nacional e além-fronteiras. É o caso, por exemplo, da Maps.Me, que lhe permite consultar mapas de qualquer lugar do mundo mesmo estando off-line, o que reduz significativamente o gasto de dados móveis e os custos com roaming, não só em Portugal como no estrangeiro. No final da viagem, a não ser que se trate de uma zona frequente de deslocações, pode apagar os mapas de que precisou para não sobrecarregar a memória do telefone. A não perder em Maps.Me

Made in território nacional, por enquanto ainda só para as cidades de Lisboa e Porto, a BuzzStreet disponibiliza-lhe toda a informação necessária para chegar mais depressa ao seu destino. Fluxo de trânsito, mas também obras, acidentes ou inclusive jogos de futebol e outros eventos desportivo em decurso que o possam comprometer são algumas das indicações que lhe são dadas, além de uma estimativa do tempo que estas condicionantes demorarão a ser resolvidas. Depois só tem de fazer os ajustes necessários ao percurso inicial para chegar a tempo e horas.

Atenta aos problemas que podem comprometer o fluxo de tráfego está igualmente a Waze, que o alerta para situações desde engarrafamentos e acidentes à proximidade de radares ou carros de polícia, bem como indicações sobre estações de serviço com os preços mais acessíveis. Se se ligar ao Facebook, pode ainda saber sempre quando algum dos seus amigos se encontra por perto.

Se quiser, tem ainda, entre outros, o Google Maps, sempre pronto a partilhar consigo informações de trânsito em tempo real e a definir o melhor trajeto para o destino pretendido.

 

Diga adeus à preocupação com parquímetros…

Chama-se ePark e é a aplicação da EMEL para gerir o tempo de estacionamento nos parquímetros de Lisboa e evitar assim multas. Além de definir o tempo que pretende estacionar (15 minutos é o mínimo), vai poder prolongar o tempo de estacionamento desde que não ultrapasse o limite máximo definido para a zona em questão, e também parar a contagem do tempo, se quiser tirar o automóvel mais cedo, pagando apenas o período usufruído.

A conta é carregada através de multibanco e a aplicação permite-lhe pedir faturas. Para os mais distraídos, a ePark indica o local onde deixa o carro e emite alertas no smartphone quando o tempo estipulado chegar ao fim.

Dificuldade em estacionar?  A ParkMe oferece informações sobre parques de estacionamento nas proximidades e estimativa de custos.

 

… e com autonomia do carro

Se tem um carro elétrico, a Mobi.e é decididamente uma aplicação a descarregar, disponibilizando informação útil sobre os pontos de carregamento da rede elétrica: pontos mais próximos e respetiva disponibilidade, dado avisar se estão livres ou ocupados.

Caso não se trate de um automóvel elétrico, tem como alternativa a Vivagas, que lhe indica os postos de abastecimento não só mais próximos, como mais económicos.

 

Pé no travão

Criado com vista a “diminuir a sinistralidade em Portugal e combater a caça à multa, oferecendo uma viagem mais segura, o projeto Radares de Portugal lançou recentemente uma aplicação homónima, que notifica os condutores em tempo real da proximidade de radares à sua volta, num mapa Google. Esta aplicação dispõe da versão mais recente das localizações habituais de radares para controlo policial de velocidade e das localizações partilhadas por outros automobilistas aquando da sua passagem por um dos vários radares em operação. Basta ter a aplicação ligada.

A versão premium permite a gravação de vídeos das suas viagens, indica os limites de velocidade no mundo, alertando o condutor quando a ultrapassar, funciona no escuro, projetando as informações no para-brisas, isto é, diretamente no seu campo de visão.

Para sua segurança foi também concebida a iOnRoad, que, através de GPS, da câmara do smartphone e de sensores, deteta os vários veículos a circular à sua frente, alertando quem está atrás do volante para situações de perigo. Atenção, no entanto, não se trata de um piloto automático, por isso, há que continuar atento à estrada.