Powered by

Cetelem
Notas em Dia
Crédito consolidado – Juntar todos os créditos num sóCrédito consolidado – Juntar todos os créditos num só

Crédito consolidado – Juntar todos os créditos num só

Crédito consolidado – Juntar todos os créditos num só

Ao reunir numa só mensalidade todos os seus créditos, com uma taxa fixa até ao fim do contrato, o crédito consolidado é uma opção com inúmeras vantagens que deve ter em consideração.

Bastante interessante para quem tem mais do que um crédito, a consolidação de crédito permite-lhe reunir todos os seus créditos numa única mensalidade e pagar menos, em alguns casos até menos 60%.

Trata-se de uma opção ideal para pessoas que possuam empréstimos pessoais e cartões de crédito que queiram simplificar os seus créditos – do crédito à habitação e do carro e/ou montante em dívida do cartão de crédito e, assim, simultaneamente poupar – e para pessoas sobre-endividadas ou em risco de sobre-endividamento, que desta forma conseguem alguma folga financeira.

Vantagens do crédito consolidado

É muito prático porque inclui todos os créditos pessoais, cartões de crédito e linhas de crédito em seu nome, com um único prazo de reembolso, permitindo-lhe sempre saber com o que contar por períodos alargados que podem ir até aos 120 meses (10 anos) ou mais.

Ao optar por um crédito consolidado, são abatidos todos os créditos que tiver no momento, sendo criado um único com uma mensalidade mais competitiva e mais baixa. E, para não haver surpresas, a taxa é fixa até ao fim do contrato, pelo que pagará sempre o mesmo, exceto se optar por amortizar a dívida a dada altura.

A taxa de juro efectiva dos empréstimos desce significativamente, em muitos casos.

Ao consolidar o crédito vai também ver reduzidas as despesas com custos burocráticos, nomeadamente no que se refere às comissões, já que serão também menos as contas extras.

A consolidação de crédito pode também revelar-se vantajosa para as famílias que, devido ao fim das moratórias privadas da Associação Portuguesa de Bancos, viram aumentados os encargos mensais. Optando por esta modalidade, poderão continuar a fazer face às despesas sem sobrecarregar o orçamento.

  1. Poupança mensal: consolidar o seu crédito permite-lhe reduzir o anterior total de mensalidades, em algumas situações até 60%, concentrando-as numa só, mais baixa. Isto garante-lhe alguma folga financeira mensal, que poderá utilizar para aumentar poupanças, num fundo de emergência ou aplicar num novo projeto;
  2. Maior comodidade: passa a ter apenas uma mensalidade, a uma única entidade credora, numa data fixa, sabendo sempre com o que contar. Também não precisa de mudar de instituição bancária;
  3. Taxa fixa: desta forma não terá surpresas até ao fim do contrato;
  4. Juros aliciantes: a taxa de juro final do crédito consolidado é geralmente mais baixa do que a média de todos os créditos, pelo que no total ficará a pagar menos;
  5. Máxima rapidez e simplicidade: a aprovação é um processo rápido e simples para quem solicita a consolidação dos seus créditos;
  6. Acesso a mais financiamento: em caso de necessidade, pode solicitar um crédito adicional, naturalmente, alterando a prestação mensal.

Desvantagens do crédito consolidado

Entre as desvantagens do crédito consolidado pode estar, para alguns, o prazo de pagamento mais alargado, significando isto, em princípio, que demorará mais tempo a pagar o empréstimo. Em compensação pagará menos todos os meses, podendo aproveitar a diferença entre a soma de todas as prestações anteriores e a do crédito consolidado para um fundo de poupança ou outros projetos que de outra forma seriam impensáveis. É uma questão de fazer as contas e ponderar. Com o alargamento do prazo, no fim poderá também vir a pagar mais juros.

Como fazer um pedido de crédito consolidado

Solicitar a consolidação dos seus créditos é um processo simples e rápido que pode ser tratado sem sair de casa. Basta ir ao site da entidade financeira que pretende, inserir no simulador o montante em questão, assim como o valor que está a pagar atualmente e o prazo pretendido. Após submeter estes dados no formulário, será feita uma análise pela entidade financeira. Caso o crédito seja aprovado, será necessário apresentar os seguintes documentos:

  • Comprovativo IBAN nominativo de um dos titulares do contrato
  • Último recibo de vencimento dos titulares do contrato, para trabalhadores por conta de outrem
  • Último Modelo 3 do IRS ou Código de validação de Entrega, para trabalhadores por conta própria
  • Comprovativo de Pensão, para pensionistas
  • Declarações/extratos com valor em dívida atual e o respetivo procedimento para liquidação dos créditos a consolidar
  • Mapa de Responsabilidades do Banco de Portugal

Depois é só assinar o contrato. O processo de pedido de crédito e assinatura dos documentos já pode ser feito totalmente via digital.

Simulador de crédito consolidado

Muitas pessoas reduziram os encargos mensais após fazerem o crédito consolidado, ficando apenas com uma prestação a pagar e com um prazo fixo de pagamento. 

Para saber se esta é a solução indicada para si, utilize o simulador próprio para o efeito.

O seu processo será cuidadosamente analisado pelo consultor de crédito, garantindo a solução mais adequada ao seu orçamento.