Este website utiliza cookies para melhorar a navegação. Ao navegar no website estará a consentir a sua utilização. Para saber mais clique aqui.

Cortina Header
  Gestão Orçamental

Realizar poupança

Saiba mais »

 | Realizar poupança  | Realizar poupança
Lifestyle

Mercados de Natal à sua espera

Publicado em 29-11-2019 por Cofina Conteúdos

Até à consoada, é ainda possível alguns fins de semana para uma escapadela a um – ou mais – mercados de Natal famosos na Europa.

Ficam a poucas horas de distância e valem bem a pena a viagem, especialmente para quem aprecia o Natal e o espírito que se vive nesta quadra. Deixe-se seduzir pelo charme das cidades do Velho Continente, engalanadas a preceito para receber as festividades desta quadra tão especial.

Cartão de visita nesta época, os mercados de Natal, localizados nas zonas históricas das cidades, convidam a sair à rua e desfrutar do que têm para oferecer, muito mais do que presentes e ornamentos para comprar. E estes não faltam, garantimos-lhe. Mas também não faltam os acepipes tradicionais para provar. Nem cânticos, aos quais se pode juntar.

 Obrigatórios na bagagem são bons agasalhos, casaco, luvas e cachecol, porque o frio faz-se sentir, sobretudo ao cair da noite, quando estes mercados ganham um brilho ainda mais especial. Escolhemos cinco, mas há muitos mais: Trento, Londres, Talin, Budapeste, Helsínquia…

Praga, República Checa

Nas praças da Cidade Velha e Wencelas, separadas por poucos minutos de distância a pé, encontram-se os dois mercados mais emblemáticos da cidade, com inúmeras barraquinhas para se perder. Aproveite também para jantar: a carne de porco, os bolos com canela e o vinho quente são irrecusáveis.
Já que está na cidade, reserve algumas horas para visitar algumas das atrações mais famosas, como o relógio astronómico, o Apple Museum, que, como o nome indica, é especialmente indicado para os fãs da marca criada por Steve Jobs, o Lapidárium, etc. De 11 a 15 de dezembro, no Centro de Congressos de Praga, decorre a Semana do Design Checo, e até 30 de janeiro a Czech Press Photo.

Bruxelas, Bélgica

Durante o mês de dezembro até ao Dia de Reis, a Grand-Place de Bruxelas reinventa-se para receber o Natal, e como se o mercado, com mais de duas centenas de barraquinhas de madeira, não fosse suficiente, há ainda uma roda-gigante, carrosséis e um rinque de patinagem para compensar os chocolates, waffles, batatas fritas e outras iguarias irresistíveis. Do programa fazem ainda parte paradas, videomapping, uma aldeia pop up, etc.

Colónia e Leipzig, Alemanha

Até 23 de dezembro, o Mercado de Natal de Colónia, em frente da catedral, tem muito para oferecer, não só em termos de artesanato e gastronomia – as bratwurst, salsichas tradicionais, são um must –, mas também de entretenimento com dezenas de atuações ao vivo. Para continuar a fazer compras, tem bem perto a Hohe Strasse e a Schildergasse, duas ruas de comércio muito populares. Antes disso, aproveite para visitar a catedral, de estilo gótico, o Wallraf-Richartz Museum & Fondation Corboud, com uma coleção magnífica de arte europeia dos séculos XIII-XIX, ou o Schokoladenmuseum, um templo ao chocolate, num edifício em forma de barco, com nove áreas de exposição sobre a história e a produção de chocolate.
Leipzig orgulha-se igualmente do seu mercado de Natal, o segundo mais antigo da Europa, logo a seguir a Estrasburgo. Aqui vai encontrar mais de 250 bancas com decorações e presentes para toda a família e amigos. Nas pausas para descansar, aproveite as bancas de bebidas e petiscos para aquecer.
Na Alemanha, são também famosos os mercados de Natal de Nuremberga e de Dresden.

Estrasburgo, França

Aqui abre portas ao público todos os anos o mercado de Natal mais antigo da Europa, reunindo à sua volta habitantes e visitantes de todos os cantos do mundo. Pontos fortes além dos vários mercados que pontilham a cidade são a catedral de Notre-Dame iluminada até ao último recanto e a árvore de Natal da praça Kléber. As iluminações são, aliás, consideradas as mais fantásticas de toda a região da Alsácia e não desapontam quem por lá passa. Nesta apelidada Capital do Natal, uma coisa é certa, entretenimento não falta.

Mercado da Alegria, Porto

No nosso país, não faltam também mercados nesta quadra. É o caso, por exemplo do Mercado da Alegria, no Porto, que inaugura no dia 30 de novembro, prolongando-se até 31 de dezembro. Situado ao Largo de Santo Ildefonso com a Praça da Batalha, reúne cerca de quatro dezenas de expositores com bijuteria, vestuário, artesanato, brinquedos e produtos alimentares, onde pode aproveitar para fazer as compras de Natal. Não faltam as iluminações e decorações típicas, assim como animação. Paralelamente, há também, workshops que pode explorar.

Mercado de Natal de Alvalade, Lisboa

Este ano na 6.ª edição, o Mercado de Natal de Alvalade abre as portas de 4 a 17 de dezembro, ocupando a Avenida da Igreja com bancas tradicionais de madeira onde pode inspirar-se para as prendas que ainda lhe faltam – de artesanato a vestuário, há bastante por explorar. E para saborear também se a fome apertar. Funciona entre as 10h e as 20h.