Este website utiliza cookies para melhorar a navegação. Ao navegar no website estará a consentir a sua utilização. Para saber mais clique aqui.

Powered by

Cetelem
Notas em Dia

10 dicas para não se distrair e conduzir com maior segurança

10 dicas para não se distrair e conduzir com maior segurança

Distração e incapacidade de os condutores se focarem totalmente na estrada estão entre as principais causas de acidentes de viação. Viaje mais seguro!

Se conduzir, procure não se distrair. Este é decididamente o caminho a seguir para chegar ao seu destino sem percalços. E se é verdade que algumas distrações não são evitáveis – há no entanto que saber antecipá-las -, a maioria depende exclusivamente dos condutores. Minimizá-las é essencial.

 

  1. Termine de se arranjar antes de começar a conduzir. Corrigir o nó da gravata, ajustar o cachecol, fazer a barba, maquilhar-se ou pentear-se concentram a atenção do condutor, impedindo-o de se focar no que se passa à sua volta, como uma travagem brusca do carro da frente ou uma criança a atravessar a estrada.

 

  1. Conduzir e comer em simultâneo pode trazer alguns imprevistos. Opte por comer sempre antes (ou depois) de conduzir e nunca ao mesmo tempo. Se necessário, faça antes uma paragem.

 

  1. Acomode bem as suas coisas – tudo aquilo que poder soltar-se e saltar para a zona dos pedais ou da alavanca de mudanças pode desviar a atenção e comprometer a condução.

 

  1. Passageiros e animais de estimação devem ir bem acomodados, com cintos de segurança postos e transportadoras devidamente seguras.

 

  1. Certifique-se que todos os ajustes necessários estão feitos: distância/altura do banco, espelhos retrovisores, GPS, etc. No caso de carros novos, ou de aluguer, familiarize-se com os comandos antes de iniciar viagem.

 

  1. Apesar dos muitos alertas, chamadas, SMS e emails continuam a ter lugar “ao volante”, provocando acidentes vários, com consequências graves não só para o condutor, mas também para eventuais passageiros ou outros condutores. Seja sensato, mantenha o telemóvel guardado e, se mesmo assim, não conseguir resistir, conduza com o telemóvel em modo avião. Lembre-se que mesmo os sistemas mãos livres são distrativos.

 

  1. Sonolento ou cansado? Pare e descanse uns minutos, se não tiver quem o substitua ao volante. O risco de acidente aumenta significativamente sob o efeito da sonolência. Em viagens longas, procure fazer paragens a cada duas horas – saia e desentorpeça as pernas, pelo menos.

 

  1. Procure manter-se calmo. Stress e ansiedade não são bons companheiros de viagens, muito menos discussões que devem ser guardadas até chegar ao destino ou pelo menos até o carro estar devidamente parado.

 

  1. Siga as regras de segurança do Sistema Smith: i) olhar o mais longe possível, para ver a estrada como um todo e não apenas os metros à sua frente; ii) ter uma perceção global do que se passa à sua volta, analisando o comportamento dos demais condutores, para antecipar potenciais ameaças à sua segurança; iii) mantenha o estado de alerta, movendo os olhos constantemente; iv) garanta uma margem de manobra – não conduza colado aos demais carros e antecipe as opções dos outros condutores; v) deixe-se ver bem, com luzes, buzina, sempre que necessário ou se suspeitar que os outros condutores não conseguem ou não estão a vê-lo por se encontrar no seu ponto cego, por exemplo.

 

  1. Lembre-se que tempo (de reação) é essencial na estrada, por isso, mantenha uma distância constante do condutor da frente.