Powered by

Cetelem
Notas em Dia
Dicas para se manter hidratado com calorDicas para se manter hidratado com calor

Dicas para se manter hidratado com calor

Dicas para se manter hidratado com calor

Manter-se bem hidratado é essencial para o bom funcionamento do organismo, mais ainda no verão, quando o calor mais se faz sentir.

 

Água límpida e cristalina

Todos sabemos que devemos beber cerca de oito copos de água por dia, aproximadamente, mais em caso de atividade física intensa, mas raras vezes esta quantidade é atingida. Se é o seu caso, antes de se deitar, beba uma garrafa (33/50 cl) de água, volte a enchê-la e deixe-a na mesa de cabeceira para voltar a beber ao acordar. Pode também instalar uma aplicação (Beba Água Lembrete, Daily Water, Waterlogged, Hydro Coach, etc.) no smartphone que avise quando é hora de beber água.

 

Não é fã de água?

Se para si o facto de água ser insípida, inodora e incolor é uma menos-valia, considere aromatizá-la, adicionando-lhe rodelas de limão e/ou lima, hortelã, canela, frutos vermelhos, pepino. Há inclusivamente garrafas reutilizáveis para este fim, por isso aproveite.

 

Antes da refeição

Começar as refeições com um copo de água é outro dos hábitos que pode adquirir. Além de hidratar, aumenta a sensação de saciedade, o que pode ajudar a perder peso. Experimente com gelo, por exemplo.

 

Um dois em um

Leite, sopa, sumos de fruta e/ou vegetais naturais, melancia, pepino, alface, tomate, laranjas, aipo são alimentos com elevado teor em água, por isso consuma-os com regularidade.

 

Exercício físico? Cuidados redobrados

Antes, durante e depois. É quando deve beber água se praticar alguma atividade física. Se for no exterior com temperaturas elevadas, durante mais de 60-90 minutos, pode complementar com uma bebida isotónica.

 

Álcool e cafeína não

Com calor, deve-se evitar o consumo de bebidas alcoólicas ou com cafeína, como o café, naturalmente, alguns chás e refrigerantes por poderem provocar desidratação.

 

Em alerta

Sede, diminuição da produção de urina e da sudorese, diminuição da elasticidade da pele (visível quando após se aperta uma prega de pele, esta demora tempo a voltar à forma inicial), boca seca são sintomas de desidratação leve a moderada, devendo-se beber de imediato.

Se as estes sintomas se juntar tonturas, confusão mental, desorientação, náuseas, desmaio, baixa da tensão arterial, procure um médico.

 

Risco maior

Crianças e bebés, idosos, pessoas com doenças cardíacas e/ou crónicas, pessoas expostas a calor excessivo por motivos profissionais (trabalhadores da construção civil, soldadores, jardineiros e paisagistas, agricultores, etc.) têm um risco acrescido de desidratação, requerendo maior atenção.