Powered by

Cetelem
Notas em Dia
Dicas simples para tirar fotografias melhoresDicas simples para tirar fotografias melhores

Dicas simples para tirar fotografias melhores

Dicas simples para tirar fotografias melhores

Gosta de pegar na máquina fotográfica ou telefone e registar momentos para mais tarde recordar? Conheça alguns hábitos que deve adquirir para conseguir imagens mais apelativas.

Essencial na comunicação, o contacto visual revela-se igualmente eficaz na fotografia, sendo por isso recomendado que mantenha a máquina ou telefone ao nível dos olhos da(s) pessoa(s) visada(s). Se se tratar de crianças, poderá ter de se baixar com alguma frequência, mas verá facilmente o seu esforço recompensado. Experimente também com animais e veja as diferenças.

 

Quanto mais perto, melhor?

Exceção feita a paisagens ou fotografias panorâmicas, a pessoa ou objeto da fotografia deve ter o protagonismo e ocupar pelo menos um terço da fotografia, especialmente se quiser captar pequenos detalhes. Cuidado para não se aproximar demais e obter imagens desfocadas – é necessário respeitar a distância mínima de focagem indicada no manual do equipamento utilizado.

Afastar o tema principal do centro das fotografias é outro dos cuidados a ter para melhores resultados; experimente dividir o plano com três linhas verticais e horizontais e “colocar” o assunto num dos pontos de interseção dessas linhas. Se a máquina estiver em modo de focagem automática (auto focus), o foco por defeito situa-se no centro da imagem – terá, por isso, de o ajustar.

 

Luz

Dias de sol intenso? Recorra ao flash sem pensar duas vezes para eliminar potenciais sombras no rosto de quem é fotografado. Opte pelo modo de preenchimento (fill in flash) até cerca de 1,5 metros de distância. Já que o tema é luz, cuidado com os dias muito brilhantes, que podem fazer realçar rugas ou manchas, em particular nas pessoas mais idosas – neste caso, por exemplo, será preferível uma luminosidade mais suave.

Se não gosta do efeito da luz, mude de posição ou de ângulo e/ou, se for possível, a posição do que estiver a fotografar. Lembre-se que ter o sol atrás de si permite fotografias mais nítidas e brilhantes. Se a luz for lateral, obterá uma maior definição tridimensional, através do contraste entre luz e sombra – quando as sombras forem muito escuras, experimente o flash. A luz pela frente aumenta muito o contraste, não sendo, por isso, recomendada nas alturas de maior intensidade. A utilização de flash de preenchimento ajuda a iluminar a área em primeiro plano. Se o tema a fotografar for paisagens, prefira a altura do amanhecer ou entardecer, quando o sol está mais baixo.

Sempre que precisar de usar flash, certifique-se de que as pessoas ou objetos a fotografar se encontram dentro do alcance do mesmo. Consulte o manual da máquina ou telefone para saber a distância abrangida pelo mesmo. Em caso de dúvida, evite afastar-se mais do que três metros, sensivelmente.

 

O melhor fundo

Fundos simples são os mais indicados para destacar o tema central da fotografia. Isto não significa, no entanto, que as paredes brancas, por exemplo, sejam a melhor escolha, mas antes que deve optar por cenários que não desviem a atenção do tema ou sujeito da foto ou que o comprometam com ruído (carros, aviões ou balões, por exemplo, em ângulos estranhos).

 

Vertical ou horizontal

Por defeito, as máquinas tiram fotografias na horizontal. Virar a máquina fotográfica num ângulo de 90o pode trazer-lhe, no entanto, algumas vantagens, nomeadamente quando o tema central da fotografia é também vertical, caso das famosas torres Eiffel ou de Pisa, ou quando se encontra em movimento para cima e para baixo, a saltar, por exemplo (quando são várias pessoas, o plano horizontal poderá funcionar melhor, dependendo da disposição); é também uma forma de concentrar a atenção no sujeito, basta pensar nos retratos.

Quando o objeto da fotografia é horizontal (mais largo do que alto) ou se encontra em movimento lateral, a melhor opção é o plano horizontal, o mesmo acontecendo sempre que se pretender transmitir a ideia de espaço, caso das paisagens, por exemplo.

 

Criatividade

Experimentar com as possibilidades da máquina, com ângulos, perspetivas, jogos de luz e sombra é a melhor forma de conseguir fotografias originais, por isso, arrisque. E não hesite em fazer sugestões para obter os resultados pretendidos, no caso de pessoas e animais, se possível. Troque posições, mude movimentos, aproxime-as ou afaste-as e sinta orgulho nos resultados finais.