Este website utiliza cookies para melhorar a navegação. Ao navegar no website estará a consentir a sua utilização. Para saber mais clique aqui.

Cortina Header
  Gestão Orçamental

Manter alguma liquidez

Saiba mais »

 | Manter alguma liquidez  | Manter alguma liquidez
Gadgets

Tem smartphone? Simplifique a entrega do IRS

Publicado em 12-02-2018 por Cofina Conteúdos

Descarregável para Android e iOS, a aplicação disponibilizada pela Autoridade Tributária permite aos contribuintes entregarem de forma simples e rápida a sua declaração de IRS. Se tem IRS automático, este ano, aproveite esta facilidade.

Independentemente da categoria de rendimentos a declarar, o prazo para entrega do IRS este ano, referente a 2017, decorre entre 1 de abril e 31 de maio e apenas será possível entregar a declaração através da Internet. Se estiver abrangido pelo IRS automático, poderá optar pela entrega através da app, de forma simples. Na eventualidade de não se encontrar abrangido pelo IRS automático, pode também descarregar a app – embora não possa entregar a declaração de rendimentos através da mesma, pode utilizá-la para consultar o estado da sua declaração e confirmar se foi entregue ou se está em fase de validação e saber quando será reembolsado ou terá de pagar a fatura, se for o caso.

Fácil, cómoda e intuitiva

Tornar “mais fácil, cómodo e intuitivo o cumprimento das obrigações fiscais” é o objetivo da aplicação gratuita disponibilizada pela Autoridade Tributária, que pode descarregar através do no iTunes ou da Play Store da Google, para Android ou iOS, respetivamente.

Esta app da Autoridade Tributária e Aduaneira permite aos seus utilizadores aceder ao portal das Finanças através de login e senha, entregar a declaração de IRS se estiver abrangido pelo IRS automático, verificar se os rendimentos e despesas estão corretos, bem como o PDF da declaração antes de entregar. Pode ainda consignar IVA e IRS para ajudar uma das várias entidades presentes na lista das Finanças.

Após a entrega, a app permite-lhe o acesso ao comprovativo da mesma, acompanhar o estado da sua declaração e saber quando será reembolsado – pode também confirmar o NIB – ou terá de pagar a fatura, se for o caso. Simplifique!


Palavras-chave: