Este website utiliza cookies para melhorar a navegação. Ao navegar no website estará a consentir a sua utilização. Para saber mais clique aqui.

Cortina Header
  Gestão Orçamental

Antecipar outros encargos

Saiba mais »

 | Antecipar outros encargos  | Antecipar outros encargos
Casa

Hábitos simples que ajudam a poupar

Publicado em 08-01-2020 por Cofina Conteúdos

Se iniciou 2020 prometendo poupar mais, deixamos-lhe algumas sugestões para ser bem-sucedido e chegar ao final do ano com a sensação de objetivo cumprido.

O começo de um novo ano é por excelência uma altura propícia para balanços e resoluções, que não raras vezes, infelizmente, acabam por não se cumprir, por desistência ou falta de insistência… enfim, os motivos são diversos, mas feitas as contas, são sempre muitas as que ficam pelo caminho. Para evitar que isto aconteça, selecionámos alguns hábitos relativamente fáceis de adotar com resultados promissores.

Comece uma poupança automática

Crie uma conta especificamente para o efeito e agende uma transferência automática mensal, de preferência na altura em que lhe é pago o salário. O ideal para uma conta-poupança é de 10-15% do valor do mesmo – se lhe for impossível, escolha um valor mais baixo, mas não deixe de o fazer.

No rasto do seu dinheiro

Quando o objetivo é poupar, saber exatamente para onde vai o seu dinheiro é essencial. Procure registar diariamente, depois do jantar, por exemplo – ou pelo menos uma vez por semana –, todas as despesas feitas (as suas e as do resto da família, se se aplicar). Passe rapidamente tudo em revista e verifique as que poderiam ter sido evitadas e/ou onde há margem para melhorar os seus hábitos de consumo. Este é um hábito importante que lhe permite manter-se a par dos seus gastos e, mais especificamente, dos mais pequenos, que, somados, são muitas vezes significativos.

Apps úteis

Atualmente existem bastantes aplicações úteis e fáceis de utilizar que simplificam e muito todo este processo. É o caso, por exemplo, do Mint, Boonzi, You Need a Budget, Money Care, entre muitas outras a que pode recorrer. Veja o que mais se adequa às suas exigências, descarregue-a e use-a. Vai ver que ajuda.

Regra dos 30 dias

Sempre que se sentir tentado a comprar alguma coisa que não seja de primeira necessidade, experimente deixar passar 30 dias. Se após este período, ainda achar que vale a pena ou que precisa, então, sim, compre. Trata-se de uma boa forma de travar as compras por impulso e assim conseguir pôr mais dinheiro de parte.